Macaco sem vergonha


O macaco-prego admira a flor, a fotografia registra um momento idílico de contemplação. É uma cena comovente que nem precisaria de palavras: uma fotografia fala mais que mil palavras. O que aconteceu naquele dia? De onde vem aquele momento de sincronia entre a sucessão dos eventos e a cena privilegiada que meu dedo gravou no filme? Por amor a sinceridade preciso vestir a armadura do guerreiro e segurar a bandeira da verdade. Atenção! o inimigo não é o gracioso macaquinho, não é para ele a espada do paladino, ele ativa meu sorriso e meu respeito para todas as formas de vida. Este preambulo todo é para esclarecer que a minha contenda não é contra o macaco. O inimigo é a ambiguidade da mídia.

A foto diz que o macaco-prego admira a flor, mas não se engane, ele está prestes a fazer mais uma travessura, como é da natureza dele.

O macaco-prego é um verdadeiro malandro! Toda vez que eu observo esse sujeito eu sou obrigado a admitir essa evidência. Antes de comentar a foto, só para fundamentar essa cruel e talvez injusta afirmação vou contar uma pequena história que presenciei. 

Nas proximidades de um hotel de selva havia uma passarela por onde passavam os turistas em suas excursões na floresta. Eu estava por lá, procurando assunto, e os macacos-prego estavam na área, porém não estavam em uma posição de luz muito favorável. Quando um grupo de turistas despontou no final da passarela, me interessei em focar em suas caras maravilhadas, atraídas por curiosas formas vegetais, insetos que pulavam fora de suas tentativas fotográficas. De repente observei um único macaco-prego aproximando-se à passarela, por cima, e quando os turistas chegaram bem em baixo dele, o safado sacudiu com determinação o galho e fugiu com uma pressa suspeita… uma nuvem de marimbondos saiu de um ninho escondido entre as folhas e se lançou em cima do grupo deslumbrado, transformando o encanto em terror. Eles corriam por todo lado, em quanto os patifes ociosamente curtiam a cena previamente planejada. 

Talvez alguns leitores achem isso exagerado, na convicção de que capacidades como a inteligência, a brincadeira e a malandragem sejam características apenas puramente humanas. Não, depois de tantas expedições na floresta amazônica, não consigo mais ver o reino animal, e até vegetal, como um mundo de comportamentos puramente mecânicos, ditados por reação instintiva, executados sobre instruções de DNA. Há um mistério maior que a racionalidade humana, há uma inteligência difusa, impessoal, que faz as árvores de uma mesma espécie florescer todas ao mesmo tempo, faz as sementes brotarem exatamente no momento mais propício, as vezes depois de anos de espera… e faz até alguns macacos curtirem a desventura dos outros.

A história da fotografia é muito parecida, se bem que com outro desfecho: Eu estava fotografando a flor, completamente absorvido na minha tarefa e o destemido desafiador chegou, como sempre furtivo e desconfiado, pegou a flor e… comeu a flor, claramente implicando com a minha atividade, ou talvez não. De qualquer maneira, obrigado! Como poderia reclamar com o patrocinador de uma das minhas melhores fotografias?

Devo confessar que quando o macaco agarrou a flor eu foi tomado pelo frenesi de uma imagem excepcional e comecei a disparar e, o flash demorava para recarregar… assim eu perdi a foto do momento em que o macaco comeu a flor. É como se o malandro não quisesse gravar sua travessura, pois na última foto mesmo a flor estando bem próxima da face, ele ainda nem abriu a boca. E agora, eu me tornei o acusador sem provas.

P20_462 - Leonide Principe 
Camera Nikon F5 with Nikkor lens 80-200mm f2.8 - Diapositive Film Fujichrome Velvia 50 - Scanner: Nikon SUPER COOLSCAN 5000 ED
Digitised from a positive on film - 
Original file size: 5259px x 3503px
Location Taken: Paraná do Ariaú (Iranduba - Amazonas Brazil)
Date Taken: 1993
Collection: Monkeys - Persons shown: none

Keywords:
macaco-prego, brown capuchin monkey, Cebus apella, macacos, apes, monkeys, primates, mamíferos, mammals, FAUNA, animals, paraná do Ariaú, Ariau parana, Iranduba, Amazonas, Amazônia, Amazon, Amazonian, Brazil, Brasil, Brazilian, América do Sul, South America, maracujá-do-mato, Passiflora sp, wild passion fruit, flores, bloom, blooming, blossom, flowers, FLORA, plantas, plants, NFT

EN1 Shameless monkey P20_462
PT1 Macaco sem vergonha P20_462
© - Leonide Principe, all right reserved
https://leonideprincipe.photos

Veja no site PhotoAmazonica

Última atualização: sexta-feira, 13 out. 2023, 20:16